Registar
Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Depois de vários meses sob o comando de José Mourinho que não se traduziram numa chamada regular à equipa principal do Manchester United, Bastian Schweinsteiger anunciou esta terça-feira que vai rumar à Major League Soccer (MLS) para representar os Chicago Fire.

Num vídeo publicado nas suas redes sociais, o médio alemão de 32 anos agradeceu o apoio dos red devils e dos seus adeptos mas vincou que era a hora certa para mudar.

“Decidi transferir-me para os Chicaco Fire. Gostava de ter feito mais pelo Manchester United mas já era hora de mudar Muito obrigado ao clube e a todos os adeptos pelo apoio incondicional”, afirmou o médio que fez carreira no Bayern Munique.

Schweinsteiger ruma assim à principal liga de futebol dos Estados Unidos, à imagem do que outros “craques” europeus já fizeram nas últimas épocas. Falamos de Frank Lampard, Andrea Pirlo, David Villa, Didier Drogba, Giovinco, Gerrard e claro, David Beckham, o pioneiro deste “movimento”.

It’s official! Welcome, @bastianschweinsteiger! #cf97

A post shared by Chicago Fire Soccer Club (@chicagofire) on

No emblema da “cidade do vento” o alemão vai encontrar o defesa português João Meira, que em Portugal soma presenças no Atlético Clube de Portugal e no Belenenses.

A formação de Chicago não perdeu tempo e começou logo a rentabilizar o seu novo activo, dando início à venda da camisola com o nome do médio germânico.

Resta saber se o Schweinsteiger que vamos ter na MLS é o mesmo que marcou a nova geração de futebolistas alemães que ajudou a Mannschaft a vencer o Mundial de 2014 no Brasil.

Relacionado

Leave a Reply

Your email address will not be published.