Registar
Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O tempo de jogo de Paulo Lopes no Benfica está longe de ser o que o guardião português desejava, muito por culpa dos dois nomes que tem pela frente: Ederson e Júlio César. Mas isso não parece afectar o ambiente nos treinos e no balneário, já que Paulo Lopes é conhecido por ser um dos “animadores de serviço” do plantel do Benfica.

O que se calhar não sabia é que além de não jogar regularmente no Benfica, Paulo Lopes também não o faz no… FIFA 17. É que o guarda-redes de 38 anos é o jogador menos utilizado no modo Ultimate Team do FIFA 17! Até ao momento – e recorde-se que o jogo está disponível desde o final de Setembro de 2016 – Paulo Lopes apenas participou em 21 jogos na PS4 e 41 jogos na Xbox One (dados recolhidos através do site futbin.com).

Só para ter uma ideia do que este número representa, Ederson foi usado em 3,019 jogos na PS4 e Iker Casillas, do FC Porto, em 17,512 (PS4). Já Rui Patrício, o dono da baliza do Sporting, realizou 24,360 encontros na PS4 e 17,949 na Xbox One. No panorama internacional, Butland, guardião do Stoke City, já fez o incrível número de 1,284,765. Enquanto De Gea, do Manchester United, já soma 2,149,079 jogos realizados.

Resta saber o motivo para esta falta de confiança no guarda-redes que já passou emblemas como Trofense, Gil Vicente ou Feirense. Uma vez que com uma avaliação geral de 69, 69 de posicionamento e 66 de reflexos, há opções bem menos competentes do que o português.

Relacionado

Leave a Reply

Your email address will not be published.