Registar
Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Acordo pode ascender aos 150 milhões de euros

Estará a Under Armour a preparar a sua maior ofensiva no futebol europeu até à data? De acordo com as últimas notícias vindas de Espanha, tudo indica que sim. O alvo escolhido pela gigante norte-americana é o Real Madrid e, segundo as mesmas fontes, as duas partes já encetaram negociações.

A ligação entre o Real Madrid e a Adidas já vem desde 1998, sendo que o último acordo assinado entre ambos data de 2012 (válido até 2020, mas pode ser “quebrado” antes). E ainda que os valores oficiais nunca tenham vindo a público, estima-se que a Adidas paga cerca de 40 milhões de euros anuais (mais bónus) aos “merengues”, valor que deixa o emblema da capital espanhola bastante longe dos 85 milhões anuais que a Nike paga ao Barcelona e dos 95 milhões que a Adidas paga ao Manchester United.

E porque o Real Madrid não está habituado a não ser primeiro nesta verdadeira “corrida” aos milhões, tudo parece estar a favor da Under Armour, que ao que tudo indica está disposta a uma pequena loucura , leia-se 150 milhões de euros/ano. A confirmar-se, seria o maior acordo do género na história do futebol.

Under Armour na Europa

A empresa com sede em Baltimore, Maryland, há muito que se afirmou no mercado norte-americano, muito por culpa do seu forte investimento no futebol americano e no basquetebol, com um apoio directo a dois dos maiores nomes destes referidos desportos: Tom Brady, “quarterback” dos New England Patriots, e Steph Curry, “estrela” dos Golden State Warriors. Mas não são os únicos, já que a marca também patrocina atletas como o nadador Michael Phelps ou o golfista Jordan Spieth.

Mas até ao momento a marca tem tido algumas dificuldades em fazer-se sentir no futebol (o nosso futebol), sobretudo no que ao “mercado” europeu diz respeito. Até à data, a única grande vitória face aos restantes “tubarões” – nomeadamente Nike, Adidas, Puma e Macron – foi o Tottenham, num acordo avaliado em cerca de 11,7 milhões de euros anuais.

Por tudo isto, “fechar” acordo com o Real Madrid, e sobretudo por estes valores, seria um acordo histórico e, acima de tudo, uma afirmação muito forte por parte da Under Armour.

Relacionado

Leave a Reply

Your email address will not be published.